​Últimas Notícias

Sara Cerdas foi nomeada pelos socialistas no Parlamento Europeu para relatora do “EU4Health Programme”, o novo programa da Comissão Europeia compreendido no plano de recuperação “Next Generation EU”, que visa o reforço da saúde na União Europeia e que vai definir a sua atuação nos próximos 7 anos.

A eurodeputada madeirense terá um papel fundamental no acompanhamento deste relatório legislativo no âmbito das competências do Parlamento Europeu. Considera esta nomeação “uma honra, uma grande responsabilidade e um reconhecimento do trabalho desenvolvido neste primeiro ano. Este é o programa de saúde mais ambicioso de sempre, alguma vez desenvolvido nas instituições europeias, pondo a saúde no seu cerne”.


“Os meus objetivos principais é trazer a saúde para todas as políticas, verificar de que forma a legislação produzida na Europa afeta a saúde das populações, e não apenas os cuidados de saúde, pois isso é apenas uma das partes da saúde e do bem estar das pessoas. Também quero trabalhar para uma melhor prevenção primordial e primária, ou seja, aumentar os incentivos à adoção de estilos saudáveis e reduzir os fatores de risco para o desenvolvimento de doenças. Falando concretamente em doenças transmissíveis, dou o exemplo da promoção da vacinação. Por outro lado, é preciso uma forte aposta em programas de literacia e educação para a saúde, pois pessoas mais informadas tendem a fazer escolhas mais saudáveis”, refere.


O EU4Health Programme, que passou de pouco menos de 500 milhões para um orçamento de 9,4 mil milhões de euros de verba disponível, “assenta nas lições aprendidas pela pandemia de COVID-19”. Sara Cerdas destaca a importância da resiliência dos sistemas de saúde e refere que Portugal e as suas Regiões Ultraperiféricas terão “a oportunidade de se candidatar a fundos que serão importantes para reformar os nossos sistemas de saúde, tornando-os mais resilientes e sustentáveis”.


Este programa está integrado no Fundo de Recuperação da União Europeia, incluído nos 750 mil milhões de euros divulgados pela Comissão Europeia, que serão negociados com o Quadro Financeiro Plurianual 2021-2017. Sara Cerdas encara este desafio com grande “responsabilidade”, uma vez que se estará “a definir as prioridades e estratégias do programa de saúde para os próximos 7 anos na União Europeia. Se tudo correr bem e as negociações chegarem a bom porto, este programa terá início já a partir de janeiro”.


No passado dia 28 de maio, Sara Cerdas durante a apresentação deste programa, na Comissão ENVI - Saúde Pública, Segurança Alimentar e Ambiente, tinha alertado a Comissão Europeia para a importância de incluir uma visão mais holística da saúde nesta mesma proposta, apontando a necessidade de um maior investimento na proteção da saúde, promoção da saúde e prevenção da doença.


O novo programa de saúde, EU4Health visa o reforço da resiliência dos sistemas de saúde, o combate às ameaças transfronteiriças e em tornar os medicamentos acessíveis em toda a UE.


5 visualizaçõesEscreva um comentário