Comissária Elisa Ferreira assegura a Sara Cerdas apoios às Regiões Ultraperiféricas

A eurodeputada do PS, Sara Cerdas, enviou uma missiva à Comissária Europeia Elisa Ferreira, com a pasta da Coesão, a questionar que medidas estão previstas para aplicação nas Regiões Ultraperiféricas, em especial quais os mecanismos de incentivo à economia, e como tenciona a UE apoiar a recuperação económica no contexto pós-covid-19 nestas regiões.

Na resposta escrita, a Comissária Elisa Ferreira respondeu favoravelmente à missiva da madeirense, onde se pode ler que “a Comissão partilha a preocupação” da eurodeputada “quanto ao impacto da pandemia de COVID-19 nas regiões ultraperiféricas da UE”.

Elisa Ferreira refere que a iniciativa para a Assistência à Recuperação para a Coesão e os Territórios da Europa (REACT-EU) “prevê novos recursos adicionais no valor de 55 mil milhões de EUR, a canalizar em 2020-2022”, através de diversos programas, “com a possibilidade de cofinanciamento de 100% pela União”, sendo que “prevê igualmente uma dotação específica para as regiões ultraperiféricas”. A representante aponta ainda na resposta que “será importante que as regiões ultraperiféricas tirem o máximo partido das novas medidas e dos novos orçamentos previstos ao abrigo de vários programas da UE”.

Apesar das Regiões Ultraperiféricas não diferirem, em termos de dificuldades, das restantes regiões europeias, na missiva, Sara Cerdas recorda à Comissão que no caso destas “as suas fragilidades económicas e estruturais são maiores, pelas diversas condicionalidades associadas e o risco de desemprego consequentemente será maior”.