Cuidar do presente e projetar o futuro são prioridades para o Turismo, diz Rita Marques

A secretária de Estado do Turismo foi uma das oradoras convidadas na conferência “Turismo 2020”, promovida hoje pela eurodeputada Sara Cerdas em São Vicente, no âmbito do Roteiro Geração Madeira.


Rita Marques deu conta dos tempos difíceis que vivem os cerca de 400 mil trabalhadores do turismo, mas deixou uma mensagem de confiança e esperança em relação ao futuro. Adiantou, a propósito, que a prioridade do Governo da República tem sido dupla: por um lado, cuidar do presente e, por outro, “projetar-nos no futuro”.

No que diz respeito à primeira prioridade, a governante adiantou que já foram ventilados cerca de 1,4 milhões de euros de fundos para o setor, mas reconheceu que este valor ainda não é suficiente, acrescentando que, por isso mesmo, já foram aprovadas mais medidas em Conselho de Ministros.

Por outro lado, apontando para o futuro, Rita Marques afiançou que “não queremos apenas ser sobreviventes ou náufragos nesta pandemia”. “Nós queremos ser timoneiros, preconizou”, apontando o facto de ter sido lançado na passada semana o programa “Turismo + Sustentável 20-30”. Neste eixo, indicou quatro pilares fundamentais, nomeadamente garantir uma oferta cada vez mais sustentável, assegurar que o impacto do turismo é evidente nas comunidades onde se insere, a qualificação dos recursos humanos e a monitorização das metas de sustentabilidade.

O segundo painel “O Futuro do Turismo”, conta com a participação remota de Rita Marques, Secretária de Estado do Turismo, Mohammed Chahim, Eurodeputado holandês, Joel Freitas, diretor-executivo do Solar da Bica, e com Ana Barbosa, Diretora de Operações da TUI Madeira.