top of page

Madeira entre as regiões da Europa mais afetadas pela migração dos jovens

Sara Cerdas esteve esta manhã reunida com a direção da Escola Profissional Dr. Francisco Fernandes, em São Martinho, no âmbito da 10.ª Edição do Roteiro Geração Madeira, sob o tema “2023 - Ano Europeu das Competências”.

“O Ano Europeu das Competências arrancará com mais e melhor orientação do investimento em oportunidades de formação, mas também de requalificação. A Madeira precisa de focar na ativação de mais pessoas para o mercado de trabalho, para responder à atual escassez de mão de obra em alguns setores”. Segundo uma comunicação lançada pela Comissão Europeia esta semana, Sara Cerdas aponta que “a Madeira está entre as regiões da Europa mais afetadas pela migração dos jovens”.


A eurodeputada do PS acrescenta ainda que na região, segundo os últimos Indicadores de Educação, “17,5% dos jovens entre os 16-34 anos não estavam empregados, nem a estudar ou em formação, a nível nacional 10,7%” e que “é preciso reverter esta tendência”. "Precisamos garantir, por exemplo, oferta virada para empregos azuis e empregos verdes, para esbater este problema nos jovens e aumentar a atratividade do mercado.”


A Comissão lançou esta semana a primeira iniciativa-chave que contribui para o Ano Europeu das Competências, a comunicação intitulada «Rentabilizar os talentos existentes nas regiões da Europa» que apresenta o mecanismo para promover os talentos. Nesta Comunicação, existem dois grupos de regiões mais afetadas: primeiro, regiões que estão em declínio rápido da população em idade de trabalho e um segundo grupo, também em risco, das regiões afetadas pela emigração dos jovens - 36 regiões estão nesta categoria e representam 13% da população da Europa. A Madeira está incluída neste segundo grupo.


Todos os anos a Comissão Europeia escolhe um tema específico para estimular o debate e o diálogo nos Estados-Membros, que resulta em várias ações e financiamento de iniciativas. Este ano, o tema são as competências. A UE pretende que, a partir de 2030, pelo menos 60% de todos os adultos participem anualmente em ações de formação e que, em 2030, em toda a UE, a taxa de emprego chegue aos 78% e que as competências básicas digitais aos 80% nos adultos.


O Roteiro Geração Madeira é uma iniciativa de Sara Cerdas para ouvir as preocupações e receber no terreno os contributos da população madeirense e aprofundar um trabalho de proximidade entre as instituições europeias e a RAM. Na ocasião, também marcou presença o Presidente do PS-Madeira. Sérgio Gonçalves, e os deputados da Assembleia Legislativa da Madeira, Rui Caetano, Mafalda Gonçalves e Pedro Calaça Vieira.

Comments


bottom of page