Sara Cerdas é a vencedora do “Prémio Eurodeputados do Ano” na categoria de Saúde

A socialista Sara Cerdas é a grande vencedora do prémio Eurodeputados do Ano – “MEP Awards” - na categoria de Saúde. Este prémio enaltece todos os anos o trabalho dos deputados ao Parlamento Europeu e elege aqueles que mais se destacaram nas diferentes categorias. O anúncio foi feito há instantes pela organização “Parliament Magazine”.

Sara Cerdas, que assumiu funções há apenas 1 ano e meio, agradece o prémio e o “reconhecimento” recebido, que reflete que o trabalho desenvolvido no Parlamento Europeu está no “rumo certo”.

“A saúde tem estado no centro da agenda e do processo de tomada de decisão. Fomos atingidos por uma pandemia que expôs as fragilidades de todos os sistemas de saúde, mas a saúde vai muito além da prestação de cuidados. O meu trabalho no Parlamento Europeu tem incidido na defesa de uma verdadeira União Europeia da saúde, que defenda e salvaguarde os interesses dos portugueses e de todos os cidadãos europeus”.

Na cerimónia de entrega de prémios, realizada digitalmente, a eurodeputada deixou um agradecimento a todas as pessoas que de forma direta e indireta contribuem para o sucesso do seu trabalho, entre elas a sua equipa, a delegação socialista portuguesa no Parlamento Europeu, o seu grupo político no Parlamento Europeu, os socialistas e democratas (S&D Group), e o Partido Socialista.

Sara Cerdas deixou ainda o compromisso de que continuará “a trabalhar para tornar a saúde uma prioridade europeia” e a “lutar por uma verdadeira União Europeia da saúde, que não deixe ninguém para trás”.

Entre os mais de 700 deputados no Parlamento Europeu, na edição de 2020 do MEP Awards estavam nomeados cerca de 40, em diferentes categorias. As eurodeputadas Marisa Matias e Maria da Graça Carvalho também estavam nomeadas em diferentes categorias, contudo Sara Cerdas foi a única portuguesa a receber este prémio.

Sara Cerdas tem 31 anos e é médica na área da saúde pública, atualmente deputada ao Parlamento Europeu do PS. É relatora do programa de saúde europeu EU4Health, preside o Grupo de Trabalho em Saúde do Parlamento Europeu e é Vice-Presidente da Comissão Especial de Combate ao Cancro. A eurodeputada cresceu no Funchal, na Ilha da Madeira, o que a leva a acompanhar com mais afinco todos os assuntos relacionados com as Regiões Ultraperiféricas. É membro efetivo da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar (ENVI) e suplente na Comissão de Transportes e Turismo (TRAN).