Sara Cerdas é negociadora do regulamento que visa reduzir as emissões CO2 dos automóveis

Sara Cerdas foi nomeada relatora do regulamento europeu que visa rever as normas de desempenho em matéria de emissões de dióxido de carbono - CO2 - dos automóveis de passageiros e veículos comerciais ligeiros novos. O regulamento tem como objetivo tornar o transporte rodoviário mais limpo e cumprir a meta de redução das emissões de gases com efeito de estufa da União Europeia (UE) em, pelo menos, 55%, até 2030.

A nova redação do regulamento irá transformar o setor dos transportes, em específico os automóveis, o que representa “uma grande responsabilidade”, assume Sara Cerdas, “na defesa das diferentes especificidades nacionais e regionais, como é o caso nas Regiões Ultraperiféricas em termos de orografia”.


“Se queremos que haja uma transição justa e a descarbonização do setor dos transportes, que atualmente representa cerca de 1/4 das emissões totais de Gases com Efeito de Estufa na UE, precisamos de ações concretas. Importa salvaguardar as questões específicas das Regiões Ultraperiféricas, em termos de financiamento e com o intuito de manter a coesão territorial e social, garantir preços acessíveis à aquisição de carros elétricos - provocado pelo aumento da competitividade no mercado - e aliviar as famílias com os custos dos combustíveis."


Sara Cerdas considera que este é “um momento histórico, que irá salvaguardar o futuro das próximas gerações” e aponta que “a redução do CO2 e as alternativas limpas não podem ser encaradas como um inimigo, devem ser aliadas no combate às alterações climáticas e à melhoria da nossa qualidade de vida e proteção do nosso planeta”.

As novas regras exigirão que os fabricantes reduzam as emissões de CO2 para os carros novos a entrar no mercado ao longo dos próximos anos, propondo-se uma data final em que cada carro a entrar no mercado seja nulo em emissões.


A Comissão Europeia apresentou em julho deste ano um pacote de 13 propostas legislativas, intitulado "Fit for 55", que inclui novos regulamentos e a revisão de existentes, para alcançar a meta de redução das emissões de Gases com Efeitos de Estufa, implementar o Pacto Ecológico Europeu e contribuir para os objetivos do Acordo de Paris.