Sara Cerdas enaltece balanço positivo da missão do Parlamento Europeu à Madeira

Sara Cerdas congratula-se com o resultado positivo da missão da Comissão de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu de visita à Madeira, que terminou esta tarde.

“Esta missão do Parlamento Europeu cumpriu todos os objetivos a que nos tínhamos proposto. O propósito principal era perceber de que forma as regiões ultraperifericas vão enfrentar e atravessar esta transição ambiental e digital, bem como os efeitos da pandemia. O maior pacote legislativo está atualmente em cima da mesa no Parlamento Europeu, aquele que visa atingir a redução das emissões de gases com efeitos de estufa em 55% até 2030 e a neutralidade carbónica em 2050, pelo que o conhecimento adquirido no terreno pelos meus colegas de diferentes grupos políticos e zonas geográficas certamente vai contribuir para a salvaguarda das nossas especificidades. Ninguém ficou indiferente à nossa realidade e às nossas particularidades”.

Sara Cerdas confessa que no meio desta transição verde “a nossa forma de estar e viver terá de ser alterada”, mas que o mais importante será “garantir que as especificidades das regiões são contabilizadas neste pacote legislativo - Fit for 55''. Em declarações à comunicação social esta manhã, a eurodeputada garantiu que “levamos ideias, levamos propostas, mas mais importante levamos vários argumentos válidos para as negociações, que não estão a ser fáceis.”


Ainda esta manhã, durante a troca de pontos de vista na Assembleia Legislativa Regional da Madeira, com a Comissão Especializada de Economia, Finanças e Turismo, Sara Cerdas voltou a reivindicar ao Governo Regional a criação de um gabinete da Madeira em Bruxelas, de apoio aos trabalhos no Parlamento Europeu, tal como têm os Açores. Considera que esta seria “uma ponte essencial para o contacto permanente entre as diferentes instituições que representam e defendem os interesses dos madeirenses e dos porto-santenses, permitindo a troca de sinergias mais pontual e virada para as temáticas que requerem uma ação conjunta e reativa, nos diferentes trabalhos, desde as pescas à saúde".

A proposta do Parlamento Europeu de visitar a Madeira foi oriunda do gabinete da eurodeputada do PS, na sequência da abertura de propostas em sede da Comissão de Transportes e Turismo, e que foi posteriormente aprovada com o apoio dos outros grupos políticos. O terceiro e último dia dos trabalhos dos deputados ao Parlamento Europeu terminou com o debate na ALRAM e com uma reunião de trabalho com a Câmara Municipal do Funchal.