Sara Cerdas negoceia estratégia da UE para COVID-19 e espaço Schengen

Sara Cerdas foi hoje nomeada negociadora, pelo grupo dos socialistas e democratas no Parlamento Europeu, para uma Proposta de Resolução sobre a coordenação da UE nas avaliações em saúde, classificação de risco e as consequências para o espaço a Schengen e o mercado único europeu, que estará em cima da mesa na próxima semana em debate na sessão plenária em Bruxelas.


A eurodeputada considera que neste momento “é importante adotar uma metodologia comum, transversal a todos os Estados-Membros, que permita uma maior coordenação. É determinante que se usem critérios compartilhados para qualificar o mapeamento de risco com códigos de cores comuns, que se estabeleçam referências comuns para a tomada de decisões de saúde pública”. Sara Cerdas considera ainda que “é urgente desenvolver mecanismos para facilitar decisões coordenadas sobre os controles de fronteira e, se necessário, sobre as restrições de movimentos entre certas regiões europeias, e claro que se continue a trabalhar de forma coordenada com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) e a seguir as recomendações divulgadas”.

A proposta de resolução alerta para necessidade de uma gestão da pandemia de forma partilhada e coordenada entre os diferentes Estados-Membros. Salienta também a importância de tranquilizar os cidadãos, disponibilizando informação clara quanto à coerência das medidas tomadas de um Estado-Membro para outro, recordando neste contexto que a liberdade de circulação dos cidadãos na UE é um direito fundamental e que deve ser assegurado.

A resolução será debatida e adotada em plenário do Parlamento Europeu na próxima semana.